30 de abr de 2015

AFLBN: Destaques de Abril ~*

Bom dia, estrelinhas !! ~*

Cumprindo meu quase dever mensal de destacar as maravilhosas estrelas que participam lá no Alternative Fashion and Lifestyle Blog Network



A Chadias passou por um momento difícil nesse mês em que a gatinha dela partiu, mas isso resultou em um post lindo sobre as coisas que ela lhe ensinou

A Gabi fez um review do casaco lindo que ela ganhou da Liz Lisa *-*

A Fer nos mostrou um pouco do seu estilo diário e está linda!

A Milky escreveu um post mostrando um pouco mais das lolitas temáticas bizantinas

A Madrepérola escreveu um belo texto falando sobre apodrecimento e os olhos

Muitas de nós vamos sentir saudade do nosso jogo online Pupe, mas a Madrepérola escreveu um ponto de vista muito interessante sobre o que ela aprendeu com o jogo



 O tema do mês de Abril do grupo foi Outono ! Para ver os posts CLIQUE AQUI

25 de abr de 2015

Vou para Alemanha ~*

Boa noite, Estrelinhas ~*

Essa semana foi meio corrida. Aconteceram muitas coisas e nem deu pra vir escrever ou editar os vídeos.
Mas tem um motivo especial <3

Que como o título diz: vou para Alemanha \o/


Eu andei meio ocupada resolvendo as questões burocráticas como os documentos e as traduções juramentadas.

Já estou até matriculada no curso do idioma alemão. E pretendo ficar lá pelo menos 1 ano :)

Sempre tive vontade de ir estudar fora e considerei esta uma ótima oportunidade. Foi algo meio na correria, pois apareceu a oportunidade em Janeiro e já estarei indo no meio do ano.

Essa semana como disse em outro post ia trazer uma boa notícia e era essa! Fui no consulado e acabei descobrindo que é melhor eu tirar o visto lá do que aqui no Brasil. Por tanto a mulher que me atendeu devolveu meus documentos e explicou o que precisava arrumar, entrarei só com o passaporte no país e depois tiro o visto por lá!

Quero compartilhar muitas dessas experiências de ir viver fora com vocês aqui no meu Pote ~*
Também vou tirar muitas fotos e colocar lá no meu Instagram.

Vou organizar uma postagem que acho que sai amanhã com um bazar. Levantar um dinheirinho extra já que não vou conseguir trabalhar logo no início e também não posso levar todas as minhas coisas e algumas nem tem motivos para guardar até eu voltar e outras vão para doação.

Eu estou bem empolgada e agradeço profundamente meus pais por me darem essa oportunidade e estarem me apoiando tanto!

Outra coisa: é tanto abacaxi pra descascar antes de ir viajar que acho que vou fazer um post D:
Omg! Tudo o que você precisa lembrar de fazer antes de ir estudar fora do país.
Mas confesso que em menos de 6 meses está meio loucura mesmo hahahaha

Não vou mentir que você sentir saudades e até ser meio emotiva. Ou mesmo que ansiedade me pegou de jeito porque você fica o tempo todo com aquela dúvida de "será que vai dar certo? será que estou fazendo a coisa certa?"

Me desejem sorte *--*

22 de abr de 2015

Nail Art : Vermelho, Violeta e Bolinhas ~*

Bom dia, estrelinhas ! ~*

Não sei se já perceberam mas eu sempre gosto de publicar minha postagens no período da manhã rsrsrs
É o horário do dia que me sinto mais disposta para publicar, embora a inspiração para editar e escrever seja a noite.

Quero deixar a manhã de você mais estreladas ~*

Hoje vim mostrar uma nail art que fiz recentemente e adorei!!



Eu criei um desafio para mim mesma: Desafio com uma placa !
A ideia é fazer nail art utilizando apenas uma plaquinha para carimbo.

Motivo? Bom, eu costumo fazer nail art utilizados inúmeros materiais, mas a maioria das pessoas que estão aprendendo não tem um álbum com um monte de placas em casa como eu que estou há tempo nisso e não estou sozinha, porque minha mãe entrou pra brincadeira também!

Então posso fazer uma nail art onde mostro uma placa e pode agradar você e achar que vale a pena para seu estilo e coleção (não, eu não tenho vínculo com nenhuma empresa de esmaltes e etc para unhas para falar sobre os produtos, só falo porque aprovo mesmo o/ )


Sobre a nail art da vez porque foi algo rápido que nem acabei gravando vídeo.

Primeiro pintei o Vermelho fundamental da Risqué. Depois fiz um degradê com esponja com o Violeta Chic também da Risqué.
Eu falei sobre esses esmaltes no meu vídeo de favoritos do mês passado.

E por cima, utilizei a placa para carimbo da Pueen 36 com o esmalte para carimbo da La Femme branco perolado.

De vez em quando eu gosto de fugir das minhas nail art chamativas, coloridas e cheias de figura e fazer umas coisas mais "simples"

Raramente eu consigo pintar as unhas só de uma cor hoje em dia, mas ainda até que acontece. rsrsrsrs

19 de abr de 2015

Gatos não sabem dançar ~*

Bom dia, estrelinhas ! ~*

Em uma dessas últimas noite eu me dei conta de estar cantarolando algumas músicas do meu filme preferido na infância. Eu tinha vários filmes em fita de vídeo cassete que sempre levava para assistir enquanto ficava na casa da minha avó. Mas teve um em especial que eu gravei em uma das tarde do Teatro Cartoon (horário de filmes que passava no canal Cartoon Network) que eu assisti nada mais, nada menos do que 53 vezes. Sim, eu contava cada uma das vezes que assistia.

Eu pensei em falar sobre os meus filmes preferidos que eu assistia naquelas tardes, mas se eu for pensar no porque vim escrever este post, eu tenho que falar sobre este: Gatos não sabem dançar (Cats don't dance)


Eu sabia basicamente todas as falas e canções. Eu gravei o filme inteiro na minha memória. E depois de mais de dez anos da última vez que pude assisti-lo eu parei para refletir porque eu gostava tanto desse filme!

A questão é bem simples, os meus filmes preferidos são aqueles em que os personagens realizam seus sonhos. E é o que andei refletindo muito ultimamente. Tinha algo mais de específico nesse realizar sonhos, não sei colocar bem em palavras mas tem haver com a frase que o Danny (protagonista) diz ali em cima. Fazer aquilo que amamos.

Sobre o filme: ele conta a história de um gato chamado Danny que saiu da cidade pequena do interior em que morava para realizar seu maior sonho. Ir para Hollywood e se tornar um grande artista de cinema.
Obviamente as coisas não acontecem como ele planeja. Existe uma grande estrela no momento que é uma garotinha malvada e egoísta chamada Darla que se faz de anjinho para todos. E assim ela acaba com o sonho de todos os animais que vieram para cidade em busca de realizar aquilo que amam, seus maiores talentos. Tudo se torna cinza para os personagens porque eles aceitam aquela realidade de que não há espaço para eles fazerem aquilo que mais amam.
Até que o Danny, o gato mais positivo do mundo, aparece para mudar isso. Ele acha que está tudo bem tentar realizar seu sonho. E vai com muita persistência tentar fazer diferente. Fazer com que a indústria de cinema veja o talento não só dele mas de todos. Ele reconhece o sentimento dele em cada um dos amigos que fez.
Só que existe algo de interessante aí, ele é muito inocente e a Darla engana ele e faz todos perderem o que tem. Fazendo com que todos voltem para sua casa e nem tenham a chance de executar um papel secundário em seu filme. Que sejam meramente o que são: animais.
E assim ele praticamente desiste de tudo e vai voltar para cidade onde morava.
Normalmente os filmes não trazem essa parte do deu tudo errado e vamos desistir dessa forma. O Danny estava com um pé na desistência, mas a ficha dele caiu e pensou que esse é o sonho dele, não pode desistir. Assim dá a volta por cima e consegue realizar o sonho de todos os seus amigos de se tornarem grandes estrelas de cinema.

Os filmes sempre tem esses formatos de "tenho um grande sonho > algo impede de realiza-lo > consegue realizar o sonho"
Só que pra mim o especial está no sonho deles. É algo incomum para os filmes mas tão real pra mim. O sonho da minha infância de ser feliz realizando aquilo que amo. De ser uma artista.

Gatos não sabem dançar me fez ver muitas coisas. Os diferentes tipos de personagens e mesmo com a mesma situação e o mesmo objetivo, como pensam e reagem de formas bem diferentes. E me faz ver as pessoas ali, pensar na situação de que talvez o outro queira que sejamos apenas animais e não animais com "algo mais".

Eu acredito que de uma forma indireta esse filme me ensinou o lema da minha vida: Pensamento positivo! Nunca desistir!
Porque eu simplesmente me dei conta que não aprendi isso com ninguém e sim comigo mesma.

Desde que eu mudei a capa do blog e coloquei a frase eu percebi que venho parar aqui escrevendo e refletindo sobre esses aspectos da minha vida.
E o porque eu paro e penso: qual é o meu maior sonho?
Percebi que o mundo real me fez transformar sonhos em algo abstrato, parece que tem uma neblina na frente deles. Eu sei quais foram os grandes sonhos que eu tive ao longo da minha vida, porém passei a duvidar deles. A duvidar de mim mesma. De que talvez, só talvez, esses sonhos estão no imaginário de uma criança mas que no mundo adulto as coisas não sejam bem por aí. Será mesmo?

Foi assim que voltar a cantar as canções do filme em minha mente com frases como "este é lugar, este é o momento" me fez para pensar que talvez seja o meu momento de tomar essas decisões. Pra onde eu quero ir agora?

Por isso eu deixo essa reflexão para vocês: esse é o momento, qual seu grande sonho agora?

18 de abr de 2015

Tutorial de Nail Art Navy ~*

Boa tarde, estrelinhas !! ~*

Hoje saiu mais um tutorial de nail art lá no canal :)

Desta vez com inspiração naval ~*

Achei que seria uma ótima combinação para um look sailor lolita!



16 de abr de 2015

Eu e minha nova amiga Ansiedade ~*

Bom dia, estrelinhas ~*

Acabei de vir do meu tratamento de felicidade diário, ou como gosto de brincar o meu momento de princesa, onde me dedico a cuidar da minha pele. Um hábito que vem vindo pra ficar :)

Acontece que eu estava refletindo (sou dessas de refletir nesses momentos alone que me inspiram) e parei para pensar em escrever um post sobre algo que descobri agora em 2015, uma nova amiga que muitas de vocês talvez já conheçam chamada Ansiedade (nome próprio leva letra maiúscula na frente).



Eu não vou mentir para vocês que nunca soube o que ela é na minha vida porque sempre tive um defeito para muitos e uma qualidade para outros chamado Orgulho.

Sim, eu sempre fui muito orgulhosa de mim mesma. Eu me olhava no espelho e não deixava nada cair. Não importa o quanto minha amiga Solidão (que eu vou falar em outro post) me importunava por ser diferente. Eu tinha orgulho de estar entre os mais inteligentes da minha turma, de pensar a frente da minha idade, de me vestir diferente de todas as outras meninas, de saber jogar video-game muito bem, de não acompanhar as tendências do momento que a mídia manda, de saber desenhar... Enfim, eu tinha orgulho demais de quem eu era. Eu digo no passado porque eu não sou tão orgulhosa como eu era, tenho mas menos. Mas não se preocupem eu nunca fui arrogante com ninguém, era só uma forma de gostar demais de mim mesma, mesmo pensando só na minha mente que eu podia ser melhor que muita gente.

O Orgulho eram as paredes da minha fortaleza interior, o que mantinha e ainda mantém o meu pensamento positivo, lema da minha vida que nunca me fez desistir! Porque mesmo que tudo esteja contra o fluxo dos meus ventos, que parece que não tem a droga da luz no fim do túnel, eu sabia que não podia desistir. Porque só com as forças do meu pensamento positivo que eu poderia seguir em frente e ser a pessoa que sou.

Só que chega um dia que a gente cresce. O mundo faz a gente enxergar com uma parte das coisas com olhos de adulto, para alguns talvez seja uma visão total. Mas como artista a minha criança nunca vou deixar morrer. E quando isso acontece a gente passa a perceber coisas que talvez sejam idiotas mas que faz a gente se cansar de certos aspectos da vida. Como aquela amiga Solidão que vem e volta sempre para me torrar a paciência. Mas como disse, a história da Solidão é assunto para outro post...

Mas porque só agora em 2015 eu passei a ver que sofria com a Ansiedade?
Porque infelizmente ela veio me agredir fisicamente. Como sentir coceiras ou mexer com meu sistema digestório. Eu até não duvido que esse irritação nasal da última semana não proveio dela.

Chega um dia na nossa vida que a gente percebe que está se tornando adulto. E... E aí que nem eu sei. Parece que a gente é jogado na virada de um ano de um barranco ou que vou pular a onda e caiu de cara na água salgada ao invés de trazer sorte.

Mas graças ao meu pensamento positivo eu estou encarando essas coisas como uma forma de aprendizado e de aprender a crescer. Como aquela marca no meu nariz que no último vídeo que está bem escura, então é um vaso estourado que tenho no meu nariz há 10 anos eu sempre tive medo de tirar e semana passada eu finalmente fui tirar. Ou o fato de ter feito uma cirurgia esse ano. Ou de ter que tirar carta (e agora percebo que ela vai ser jogada ao vento, mas ok). Ou ter que encarar meus medos dentários. Ou do fato que semana que vem vou estar indo ao consulado.

Sim, vou estar indo ao consulado para tirar um visto. Se tudo estiver alinhado ao meu favor vai tudo dar certo e vou poder dar uma ótima notícia para vocês semana que vem.

A Ansiedade me deu raiva ultimamente. Sabe eu nunca deixei as coisas me afetarem emocionalmente aparente para as pessoas. Exceto para minha psicóloga que passei há uns anos atrás. Mas as coisas ruins sempre me afetam de forma aleatória fisicamente.

Essa sensação de cair na água salgada me fez pensar sobre o quanto eu estava cuspindo ela. E que o gosto era ruim demais. Parecia que eu não ia conseguir tirar o gosto ruim. O que eu deveria fazer?

Foi assim que eu vim parar aqui, pensando em como estou tentando superar esses sintomas físicos. Quase sozinha, pois sei que tenho minha família. Mas em termos emocionais eu resolvo sozinha na maior parte sempre. Eu aprendi a viver assim, nos momentos que eu gosto ou não. E como compartilhar com vocês como superar ou pelo menos aguentar isso?

Bom, aí a gente volta lá pro começo do post no tratamento de felicidade. Cada sentimento ruim eu não consigo resolver pensando nos meus sentimentos internamente. Só transferindo essas coisas para algo externo (meu Se de INFJ). E assim eu passei a controlar a ansiedade com um novo tratamento de felicidade: cuidados com a minha pele.

Eu sempre tenho consciência das coisas que acontecem comigo (exceto uma vez, mas isso não vem ao caso agora). Eu sei que essa confusão de sentimentos só vai parar enquanto minha vida nova tomar rumo. Eu sei que o fato de eu estar passando a maior parte do tempo em casa também tem haver.

Mas eu percebi que a melhor forma de superar isso, pelo menos de deixar a chatice só pro efeitos físicos, é deixar pra lá. Em pensar tudo como uma experiência positiva mesmo que seja encarar um dos maiores medos da minha vida.

Assim eu me distraio e faço algo totalmente produtivo!

Sim, eu cuido da minha pele fazendo limpeza e hidratação! E outra coisa, o meu querido Pote. O blog se torna meu cantinho para criar coragem! Assim o cuidado aumenta minha auto-estima e o blog me dá coragem.
Eu deixo um agradecimento especial para minha amigas que também fazem parte do AFLBN, pois elas me levaram mesmo que indiretamente a escrever mais. E o carinho que vocês queridos seguidores deixam aqui no blog ou mesmo em cada like que dão no canal.

Escrever ou gravar vídeos estão me fazendo crescer. E deixar meus pensamentos rolarem para ajudar alguém do outro, nem que seja se identificando na mesma coisa que eu estou no ritmo.

Por isso, essa é minha sugestão para vocês. Deixe a sua amiga Ansiedade pra lá. Pense positivo e mesmo que pareça tudo pra dar errado, não desista. SEJA VOCÊ! :)

Ouça aquela música que te dá auto-estima um milhão de vezes no modo repetir até fazer você sorrir enquanto faz algo que só aumente seu sorriso.

No caso, estou eu aqui ouvindo Coldplay - Sky Full of Stars enquanto termino de digitar esse post com esperança que eu possa te fazer dar um leve sorrisinho e que pense na possibilidade de não desistir. ~*

15 de abr de 2015

Receita: Rabanada sem lactose e sem álcool ~*

Bom dia, estrelinhas !!

Eu fiz um instagram para o Pote para colocar minha fotos #lifestyle ~*

Aconteceu que chegou o meu livro Por uma vida mais doce da Dani Noce do I Could Kill for Dessert esse domingo e juntando tudo isso só pode dar em foto de de comida no instagram hahaha



Como algumas amigas me pediram a receita, decidi postar aqui no blog minha versão adaptada da receita tirada do livro da Dani :)

INGREDIENTES

* 1 litro de leite sem lactose
* 1/2 lata de leite condensado de soja
* 1 pitada de sal
* 1 colher de chá de extrato de baunilha
* 1/2 colher de chá de noz moscada ralada
* Raspas de 1 laranja
* 2 dedos de gengibre fresco ralado
* 1 canela em pau
* pães amanhecidos (de sua preferência)
* 3 ovos
* Óleo para fritar
* Açúcar cristal ou orgânico (o quanto bastar)
* Canela em pó (o quanto bastar)
* Noz moscada ralada (o quanto bastar)


MODO DE FAZER:

1. Junte os primeiros 7 ingredientes em uma panela para ferver.
2. Depois que ferver, coe em uma peneira e deixe esfriar. Depois leve para geladeira coberto com plástico filme.
3. Deixe até esfriar
4. Corte as fatias dos pães entre 1 e 2 dedos. Pense na espessura de uma torrada.
5. Bata os ovos em uma tigela e reserve
6. Aqueça o óleo. Quando ele começar a ficar quente, jogue um pedacinho de pão dentro dele e quando começar a fritar, você pode começar a passar os pães no leite.
7. Passe o pão no leite rapidamente dos dois lados, depois nos ovos e frite dos dois lados.
DICA: Não é legal passar todas de uma vez na mistura porque ficam encharcadas enquanto esperam para serem fritas. E também achei que as pontas dos pães (usei o francês), ficou melhor se mergulhar no leite, pois são mais duras e assim a consistência me agradou mais.
8. Retire do óleo e deixe secar no papel toalha.
9. Passe na mistura de açúcar, canela e noz moscada.
10. Comer quentinhas na hora fica bem mais gostoso ~*

14 de abr de 2015

Review: Compra de esmaltes na loja Elas Amam ~*

Boa noite, estrelinhas !!

Hoje é Terça e foi dia de vídeo novo no canal! :)

Gravei a minha comprinha e review na loja Elas Amam.

Gostei muito da compra. Quanto a loja foi positivo! Rápida, fácil e caprichosa. Não tenho o que reclamar. Vocês podem conferir o que comprei no vídeo abaixo ~*





13 de abr de 2015

Campos do Jordão: Restaurantes ~*

Bom dia, pessoal !

Hoje vou falar de uma parte que interessa a muitos quando vão para Campos do Jordão: comida.
Por tanto, bem-vindos a última parte da minha série sobre a viagem que fiz à essa cidade maravilhosa ~*

Vou falar na ordem em que visitei, sendo almoço ou jantar.


Vemaguet 67 (Almoço)

Não sabíamos muito bem por onde começar e encontramos o Vemaguet. É bar restaurante que tem diversas porções. Nós pedimos uma porção de pastéis e outra de bolinhos. Lembram daquele problema com bolinhos de bacalhau em Olímpia? Esse problema se repete com palmitos em Campos. Não experimentei um bolinho de palmito que tivesse haver com o sabor!
Sobre as porções elas eram pequenas e um pouco caras, mas o preço é meio que tabelado independentemente de qual restaurante ou bar que for. Não curti os bolinhos de campo, são meio gordurosos e não muito saborosos (sim, eu experimentei em outros lugares e foram a mesma coisa)



Eu pedi meia porção de macarrão farfalle ao molho de tomate com manjericão. Eu admito que estava uma delícia. Mas paro e penso se vale a pena pagar R$ 35 num prato de macarrão (?)
Aproveitei e experimentei o prato da Mila, minha querida irmã, que adora um molho branco assim como eu e confesso que não curti.


Santa Sopinha (Jantar)

Para quem gosta de sopa pode ser uma opção para um dia frio. Eu particularmente sou chata para sopa. Sou bem exigente quanto a textura e ao sabor. Foi um lugar muito bonito de ir, porém eu não curti a minha. Foi a de cenoura com gengibre. Como gosto muito dos dois ingrediente achei que ia gostar. No começo estava bom mas é meio enjoativo de comer. Todos que estavam comigo na mesa adoraram suas sopas, embora pediram sabores mais tradicionais como caldo verde. As sopas custavam trinta e alguma coisa reais, não lembro o valor exato.


Dona Chica (Almoço)

Sem brincadeiras o melhor lugar para ir comer. Este restaurante fica dentro do Horto que eu falei no outro post sobre passeios. A comida estava excelente! Como eu gosto muito de peixe pedimos um na pedra que estava delicioso! Veio bastante comida suficiente para quatro pessoas. A batata que acompanhava o peixe era muito gostosa e a farofa de pinhão também. Pedimos também uma porção de mandioca frita. Só sei que no final ficamos todos cheios e foi o lugar com o melhor preço! Só tenho elogios. Foi o lugar mais simples também em termos de decoração.


Se você vai a Campos precisa comprar chocolate, né? O problema é que minha mãe recentemente teve rejeição a lactose e era chocólatra, e eu e a Mila não podíamos ir a esses lugares doceiros por questão de respeito. Então passamos na Sabor de Chocolate fomos comer no nosso quarto hahahaha
O chocolate tinha uma aparência bonita, o gosto era bom e tinha uma textura leve. Aprovei :)
O único problema é que é caro, mas como saiu caro. Compramos um pouquinho só de chocolate e deu uns R$ 25! Mas valeu para experimentar.



Obs.: houveram ainda dois lugares que fui que não consegui ainda lembrar o nome. Um foi péssimo, cortaram até a música ambiente para passar novela e os bolinhos estavam gordurosos. O outro teve carne na pedra (no meu caso frango porque eu não como carne vermelha) e estava bom, era um restaurante junto de um hotel. Assim que descobrir eu atualizo. :/

12 de abr de 2015

Campos do Jordão: Compras ~*

Bom dia, estrelinhas ! ~*

Continuando na minha terceira parte sobre a viagem, hoje mostrarei algumas compras que fiz em Campos ~*


Eu não costumo me encantar por peças bordô, mas eu achei super lindo esse par de luva. Custou por volta de R$ 20 e combina perfeitamente com meu vestido Casa da Vó da Antix

Já essa blusa de cerejas eu me encantei por ela na hora que vi. Ela tem aquele tecido grossinho com a cara de ficar em casa e até um pouco larguinha. Custou R$ 55


Eu precisava de cardigans novos mas não sei se era fora de temporada e por isso não tinha muito opção, mas toda loja que eu ia a maioria tinha estampa de girafa! Nada contra girafas mas só que elas não tem nada haver comigo para estampas. 

Consegui essa blusinha fechada preta com estampa de lacinhos por R$ 45. Queria uma peça neutra preta ou marrom e estava bem difícil de achar.

Já o cardigan eu consegui finalmente achar esse com estampa de corações em azul marinho que eu achei perfeitamente otome R$ 35. E ele me serviu perfeitamente, ao contrário da maioria das peças que experimentava que o dito tamanho único servia na verdade a partir de P (e eu uso PP)

Sobre onde comprar, me indicaram ir nas lojinhas perto do teleférico que lá era mais barato e era a mesma coisa do shopping. Pra ser sincera não é. A qualidade de lá era inferior e para pagar R$ 10 a menos em cada peça e ter um tecido duro eu prefiro pagar um pouquinho a mais e comprar peças mais bonitas e macias lá no shopping que fica perto dos bares e restaurantes.

Eu achei que valeu a pena pois os cardigans mais simples que tenho encontrado nas lojas por aqui custam por volta dos R$ 70. Então conclui que as compras valeram a pena. Gosto desses cardigans estampados offbrand.

Vejo vocês no próximo post para falar de comidas gostosas hummmm ~*

11 de abr de 2015

AFLBN: Nail Art de Outono ~*

Boa tarde, estrelinhas!!

Hoje vou dar uma quebra nos posts de Campos do Jordão para trazer meu tema do mês do Alternative Fashion and Lifestyle Blog Network: Outono.

Eu estou tentando postar vídeos todos as terças e sábados. Estabeleci essa meta por enquanto que estou tranquila para me comprometer ao blog e o canal porque eu simplesmente adoro compartilhar minhas ideias com vocês e ver o que vocês tem a dizer <3

Decidi fazer o tema em forma de vídeo. E nada podia ser melhor que as unhas dessa semana do que folhas verdinhas e marrons nas unhas ~*





10 de abr de 2015

Campos do Jordão: Canada Lodge ~*

Bom dia, pessoal!!

Eu não curto passeios aquáticos, prefiro passeios de apreciação a natureza e a arte. Para relaxar e curtir o momento de cabeça vazia acompanhado de coisas como chá quente e bolo. Então, Campos se tornou um excelente passeio!

E hoje farei mais uma parte do meu tour fotográfico da minha viagem e contarei sobre a pousada :D
Chama-se Canada Lodge! Um local lindo com temática canadense.

Toda a pousada possui tema canadense, todos os cômodos até o teto

Nós nos apaixonamos por essa pousada. Cheia de detalhes, tudo muito bem pensado. Ao entrar você sente um aroma delicioso na recepção de maçã com canela, assim como nos quartos.

A chave do quarto tem até um chaveiro de ursinho de pelúcia! E são tantos detalhes que cada vez que você observa vê coisas diferentes. (não esqueça de subir para o seu quarto tanto de elevador como de escada).


A pousada só serve café da manhã e tem disponível chá e café o dia inteiro, a tarde sempre tem bolachas com bolinho caseiro.
Mas como em Campos você quer sair para comer, então isso não é um problema.

O café da manhã é incrível! Tem tanta coisa gostosa! Até waffles quentinho feito na hora com maple. Hummmmm


Tem sofás e áreas bem tranquilas e lindas para descansar e relaxar. Tem música ambiente e deixa tudo perfeitamente no lugar.

Esse alce de pelúcia era muito fofo!


E os quartos como eram bons! Melhor do que ele só o banheiro. O chão é aquecido e tem toalhas ultra macias que não tem como descrever. hahaha

Tudo muito bem feito e de alto bom gosto. A decoração do quarto em que fiquei era toda azul. Uma graça. E para te receber na cama tem um cartão e uma maçã.


Assim como a área interna, o exterior da pousada também é muito bonito. Com esculturas, jardim e árvores.

Alguns hóspedes viram até esquilos!


Eu adorei a área do café. Sentava nas cadeiras com mesinhas e ficava desenhando, comendo bolachinhas e bebendo um delicioso chá de maracujá enquanto houvia a música ambiente. Dava pra tirar todo o stress e pensar só no momento presente bom da vida.

E não tem como não se inspirar com um ambiente desses, né?


Ali no fundo tem uma tv que fica passando imagens incríveis da natureza durante o café. Combina perfeitamente com a música.

Além de tudo isso, o quarto tem uma tv que você pode assistir tv acabo, um dvd (tem várias opções para escolher) ou o canal dos "tiozinhos" da pousada. O canal se chamava tiozinhos mochileiros se não me engano. E ficava passando os tours que o casal, donos da pousada, fazem pelo mundo.
É bem legal porque você assisti algo tipo vlog de uma percepção mais mochileiro. hahaha

Ah, sim. Eles tem uma outra pousada (que eu achei a cara da Chadias) chamada Piano Piano. Que é toda temática musical.

Eles são muito criativos e nada deixa a desejar. Super indico a Canada Lodge. ~*

9 de abr de 2015

Campos do Jordão: Passeios ~*

Bom dia, estrelinhas !!!

Hoje vou contar para vocês como foram meus passeios em Campos do Jordão :D
Eu dividi a viagem em 4 categorias: hotel, passeios, restaurantes e compras. Assim poderia dar eu review detalhado sem ficar longo demais. Já que eu curti muito essa viagem! Uhu!! \o/


Museu Felícia Leirner

Se você quer uma vista incrível, vá a este lugar!
Ele é museu ao ar livre de 350.000 m², fica no jardim do Auditório Santoro. Felícia Leirner é uma artista polonesa que esculpiu diversas figuras em bronze e cimento branco. Ao longo da trilha você pode ler descritivos sobre sua história.

Ninguém esperava por um lugar tão bonito. Nós fizemos a trilha para ver as obras e no final subimos o morro para tirar fotos nas esculturas mais altas. E quando chegamos lá em cima nos deparamos com a vista incrível (foto acima).

Outro pontos positivos foi a entrada e estacionamento gratuito, bons funcionários orientando o passeio assim que chegamos e animais lindos que encontramos.

por alguma razão, essa pequena escultura me chamou muita atenção



Horto Florestal

Se você quer um lugar para curtir o contato com a natureza, fazer uma caminhada, relaxar e ouvir os sons do ambiente... Esse é o lugar perfeito!

Está vendo a linda hortênsia ali em cima, é uma pequena amostra das diversas que tem nesse parque além de um zilhão de outras plantas e árvores. Como amante desses passeios de apreciação da natureza eu obviamente amei o passeio. Mesmo sujando meu tênis de terra molhada porque choveu muito nos dias que estávamos lá.

Na verdade o Horto chama-se: 1° Parque Estadual de SP. E se você tiver fôlego para fazer a trilha até o final pode ver uma cachoeira (que eu não vi...).  Se não me fale a memória eram 4 trilhas de diferentes "níveis de dificuldades".

Lá tem um restaurante muito bom para almoçar que vou escrever no outro post. :)



Outra coisa importante: tem que pagar a entrada. Era um valor pequeno e mesmo assim valeu o passeio. 

Morro do Elefante

Deixei este por último porque me decepcionou. Eu já tinha ouvido falar sobre o lugar e a vista de vizinhos que já tinham ido a Campos.

Você tem a opção de ir até lá de carro ou nas cadeirinhas suspeitas do teleférico. De lá dá para ver a vista da cidade. Mas pra ser sincera nem se compara a vista do museu.

Além do mais o lugar estava abandonado. As esculturas de elefantes precisavam urgentemente de uma restauração, o lugar estava sujo, com cara de "abandonado até a próxima temporada". Até as plantas precisavam de cuidado.

Obs.: Me desculpem a falta de fotos. Estava sem câmera nenhuma porque não programamos que faríamos passeios naquela hora.


Esses foram os meus passeio. Eu fiquei poucos dias mas no panfleto que peguei lá na pousada tinha vários lugares turísticos que seriam interessantes ir conhecer :)

E você já foi a Campos? Sugestões de passeios? ~*