25 de jan de 2015

Arte: Exposição Devaneios em Jundiaí ~*

Boa tarde, Estrelinhas ~*

Como já marcado pela tag estou escrevendo um post para sua tarde ter um pouco a mais de arte :)
Escrevi AQUI contando sobre o meu TCC no final do ano passado e fiquei de trazer sobre como foi a exposição.


Aconteceram duas exposições durante o mês de Novembro: em Jundiaí e em Sumaré.
Hoje vou mostrar as fotos de Jundiaí que aconteceu na Biblioteca Municipal. Participaram os artistas:

* Marina Oliveira (Eu)
* Gaby Pendezza
Daniel Steck
Bruna Nóbrega

Nas normas do nosso TCC deveríamos além de fazer a parte escrita e as obras, realizar uma exposição com esse trabalho final.
A exposição poderia acontecer em grupo ou individual. A maior parte da nossa turma decidiu realizar uma exposição com todos os alunos. Mas para mim não seria conveniente ficar me deslocando para Campinas por dias e algumas das minhas ideias e  visão entravam em conflito porque eu deseja algo mais. Queria realizar algo que me orgulhasse e pudesse ser profissional.

Obras de Gaby Pendezza

Foi assim que eu, a Gaby e o Dan formamos o GRUPO DEVANEIOS. Todos nós tínhamos algo em comum: trabalhamos com SONHOS. De formas completamente diferentes, mas ainda assim as nossas diferentes formas de devanear se encontravam em algum ponto em comum.

Obras de Marina Oliveira

Convidamos também a nossa colega de turma Bruna Nóbrega que se interessou por participar da exposição já que ela é da região.

Obras de Daniel Steck

Algo interessante é que as linguagens eram diversas. O Daniel trabalha com quadrinhos, a Gaby realiza pinturas, eu produzi uma série de gravuras e a Bruna fez desenhos e instalação.
Tínhamos uma linguagem diversa que conseguia se encontrar no tema. Isso é algo emocionante quando fomos discutir sobre curadoria.

Obras de Bruna Nóbrega

Foi algo que realmente aprendemos na prática. Montar uma exposição não é nada fácil. Foi preciso muita dedicação, apoio, contatos, tempo, dinheiro... Cada detalhe que precisa ser pensando como divulgação ou o que vamos servir para comer. Quem vamos convidar? Ou que você precisa de alguém para fotografar durante o evento porque senão você não tem tempo e você não registra como foi, quem estava lá além das obras (como aconteceu em Jundiaí, depois nós providenciamos em Sumaré)


Foi um aprendizado inesquecível além de ter o reconhecimento e apoio do nosso orientador e querido professor Paulo Cheida que fundou o Museu Olho Latino ou de aparecer notícias nos jornais e no site da Prefeitura da cidade :D 

Acho que só sabe essa boa sensação quem é artista mesmo. É difícil explicar em palavras o quanto esse trabalho duro rendeu uma certa felicidade e satisfação com a gente mesmo. Fazer algo que ama para alcançar alguém.

Por isso convido a todos a ir em nossas exposições futuras assim espero e que olhem com outros olhos quando for em uma exposição novamente.

Até o próximo post ~*

6 comentários:

  1. Deve ter sido super gratificante ter exposto seus trabalhos. Como você mencionou, deve requerer bastante dedicação, mas tudo junto ficou tão bonito, deve ter valido a pena. Espero que você cresça ainda mais profissionalmente esse ano <3

    ResponderExcluir
  2. Imagino a trabalheira que deve ter dado! Que bom que no final deu tudo certo! As artes da sua amiga Gaby me lembram papéis de carta da década de 80-90 :D

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não tinha parado pra pensar nisso. O estilo aquarelado que ela deu com a tinta acrílica ficou ainda mais bonito ao vivo <3

      Excluir
  3. Que lindo poder ter as obras expostas assim!

    Parabéns por essa conquista!

    ResponderExcluir

Obrigada por ler e comentar ~*